Selecione a página

Ofensiva elétrica, seis novos modelos Mercedes-EQ ate 2022

Ofensiva elétrica, seis novos modelos Mercedes-EQ ate 2022

A Mercedes-Benz tem como objetivo nos próximos anos oferecer uma ampla gama de modelos elétricos. Até 2022, o portfólio irá incluir oito modelos de tração elétrica que trarão a insígnia Mercedes-EQ. A rede de produção global da Mercedes-Benz está pronta e integrada para a iniciar a produção seriada dos modelos Mercedes-EQ em suas fábricas já instaladas.

Caberá ao EQS, o primeiro sedã elétrico de luxo da Mercedes-Benz, sua estreia no primeiro semestre de 2021 na fábrica 56 em Sindelfingen, Alemanha. Caberá ao modelo a avant première da plataforma batizada de EVA – Arquitetura de Veículo Elétrico. Já o utilitário compacto elétrico EQA será produzido na fábrica de Rastatt e por fim o EQB terá sua produção concentrada na fábrica húngara em Kecskemét.

Fábricas prontas para produção

Em maio de 2019, teve início a produção seriada do EQC na fábrica da Mercedes-Benz em Bremen, Alemanha. Poucos meses depois, a joint venture sino-alemã, Beijing Benz Automotive Co. Ltd. (BBAC), iniciou a produção de EQC para o mercado local. Em 2020, a produção da minivan de luxo elétrica EQV começou em Vitória, norte da Espanha.

Os clientes da classe de carros compactos podem aguardar para 2021 dois novos utilitários esportivos totalmente elétricos, o EQA e EQB. O EQA celebrará sua estreia mundial em 20 de janeiro de 2021. A produção EQA na fábrica da Mercedes-Benz Rastatt já está ocorrendo.

Tal como acontece com o EQC de Bremen e Pequim e o EQV de Vitória, os modelos totalmente elétricos da fábrica de Rastatt são produzidos mesma linha de montagem dos veículos compactos com motores a combustão e híbridos. Isso significa que todos os cinco veículos produzidos em Rastatt são eletrificados.

Além do EQA, o Classe A, o Classe A sedã, Classe B e o SUV GLA também são produzidos na fábrica da Mercedes-Benz em Rastatt – com motores a combustão, bem como os híbrido plug-in. A produção de EQA também seguirá em 2021 no BBAC em Pequim para o mercado chinês.

A produção do EQB a ser apresentado em 2021 contemplará dois locais de produção: na fábrica húngara da Mercedes-Benz em Kecskemét para o mercado mundial e na joint venture BBAC em Pequim para o mercado local. A preparação da planta, que já incluiu o treinamento dos funcionários, já está em andamento. O SUV EQB será o primeiro veículo de produção puramente elétrico da Hungria e complementará o portfólio híbrido plug-in que consiste no CLA e CLA Shooting Brake. O Classe A também será produzido em Kecskemét tendo no portfólio uma versão híbrida plug-in, além disso a produção na fábrica alemã da Mercedes-Benz em Rastatt será mantida.

Luxo Elétrico 

No primeiro semestre de 2021, a produção do sedã elétrico de luxo EQS começará na Fábrica 56 em Sindelfingen, Alemanha. EQS é o membro independente e totalmente elétrico no novo programa Classe S e é o primeiro a usar a nova arquitetura desenvolvida totalmente para veículos elétricos de luxo da Mercedes-Benz. Na fábrica 56, o Classe S e, no futuro, o Mercedes-Maybach Classe S e o EQS serão produzidos de forma totalmente flexível na mesma linha.

A fábrica 56 representa o futuro da produção da Mercedes-Benz e define novos padrões para a construção de automóveis. Um exemplo, ganhos de eficiência de cerca de 25% são alcançados em comparação com a montagem anterior do Classe S. Isso é possível com a otimização de toda a cadeia de suprimentos e digitalização completa com o programa MO360, o ecossistema de produção digital da Mercedes-Benz.

Já na unidade da Mercedes-Benz em Bremen começará a produção do sedã executivo EQE no segundo semestre de 2021, e na sequência na fábrica de Pequim. O EQE, portanto, complementa o portfólio totalmente elétrico das duas plantas. A fábrica de Pequim produzirá então um total de quatro modelos Mercedes-EQ para o mercado local.

A fábrica da Mercedes-Benz em Tuscaloosa (EUA) também está se preparando para a produção do EQE SUV e do EQS SUV em 2022, que será produzido no futuro na mesma linha de SUVs com motores a combustão e híbridos plug-in.

A linha Smart completa o portfólio de carros elétricos da Mercedes-Benz com três modelos adicionais. O Smart EQ fortwo, Smart EQ fortwo Cabrio são produzidos em Hambach, França, e o Smart EQ forfour em Novo Mesto, Eslovênia. A próxima geração de veículos elétricos Smart será produzida pela joint venture Smart Automobile Co., Ltd. na China. Esta é uma joint venture entre a Mercedes-Benz AG e do Zhejiang Geely Group (Geely Holding).

RESUMO DE MODELOS EQ

Fábrica da Mercedes-Benz em Sindelfingen (Alemanha): lançamento do sedã elétrico de luxo EQS na fábrica 56 no primeiro semestre de 2021

Fábrica da Mercedes-Benz Rastatt (Alemanha): A produção do primeiro SUV compacto totalmente elétrico EQA começou – também na fábrica de Pequim (China) em 2021

Fábrica da Mercedes-Benz em Kecskemét (Hungria): Decisão de localizar um segundo SUV compacto totalmente elétrico EQB. Lançamento da produção em 2021 – também na fábrica de Pequim (China)

Fábrica da Mercedes-Benz em Bremen: lançamento da produção do sedã comercial EQE elétrico em 2021 – na fábrica de Pequim logo em seguida (China)

Fábrica da Mercedes-Benz em Tuscaloosa (EUA): variantes de SUV EQS e EQE começam em 2022

 

Sobre o autor

Deixe uma resposta

comentários recentes