Selecione a página

Mercedes-Benz Sprinter, 25 anos de inovações no segmento de vans

Mercedes-Benz Sprinter, 25 anos de inovações no segmento de vans

Há 25 anos, nascia uma van que emprestaria seu nome a todo um segmento de veículos: o Sprinter. Hoje, um quarto de século depois, a atual geração ainda é uma referência na categoria. Juntamente com seus valores atemporais, como qualidade, confiabilidade, economia e conforto, o atual Sprinter também significa rede e conectividade como é o caso da variante elétrica eSprinter .

A Mercedes-Benz Vans irá aproveitar este aniversário especial do Sprinter para publicar um tópico específico na plataforma de comunicação de mídia Mercedes durante todo ano de 2020. Os especiais destacam a posição do Sprinter como líder de mercado ao longo de décadas e demonstram como o veículo sempre conseguiu combinar perfeitamente sua tradição histórica com inovações modernas.

1995: Uma van antecipa a próxima década

Em 1995, a Mercedes-Benz Sprinter definiu um segmento de tamanho inteiro e contribuiu para a transição para o comércio eletrônico: quando as dimensões atuais do comércio on-line eram quase impossíveis de imaginar, a marca Stuttgart apresentou uma van moderna, ideal para os desafios logísticos adiante. Com os freios a disco nas quatro rodas, o sistema de freios antibloqueio, incluindo o diferencial automático de freio ABD, linhas mais aerodinâmico, baixo consumo e muitas outras inovações, o Sprinter estabeleceu padrões em relação à segurança, eficiência e conforto e tornou-se o digno sucessor do lendário T1.

Desde o início, a nova van ofertou diversos modelos: estava disponível em versões chassi, picape ou furgão, minibus com capacidade para até nove passageiros, com opções de teto baixo ou alto. As distâncias entre eixos variaram de 3000 a 4025 milímetros. O peso bruto total era inicialmente de 2590, 2800 ou 3500 kg. Pré-requisitos ideais para vários campos de aplicação – por exemplo, no canteiro de obras, nas oficinas, no transporte de passageiros, mas também para serviços de incêndio e resgate. Nos últimos 25 anos, a van também figurou como uma boa opção para os amantes de camping podendo receber inúmeras variantes de arranjo interno.

2006: Extensiva modernização e com mais capacidade

Mais de 1,3 milhão de vendas da Sprinter da primeira geração ganharam as ruas, em 2006, a Mercedes-Benz apresentou um desenvolvimento mais abrangente: embora já houvesse uma ampla gama de versões, os clientes agora podiam acessar uma solução sob medida para praticamente qualquer requisito.

O novo veículo oferecia inúmeras inovações: por exemplo, uma porta deslizante do compartimento de carga, o teto super alto e um quarto comprimento da carroceria. Os trem de força foram otimizados ainda mais com uma nova gama de motores e uma nova transmissão de 6 velocidades para variantes a diesel. Havia também um sistema de freio aprimorado, ADAPTIVE ESP, além de um interior todo repaginado. Os novos recursos também incluíram o rodado duplo no eixo traseiro da variante de 4,6 toneladas, os faróis bi-xenon com curvas estáticas e luzes curvas, air-bags para o motorista e pasageirro, o sistema PARKTRONIC e muito mais.

2013: mais produção, mais segurança

Em 2013 eficiência foi a palavra chave para a criação de uma nova Sprinter. O modelo trouxe a direção com assistência elétrica, a função de partida / parada e uma longa relação do eixo traseiro. Graças à mais recente tecnologia de motores com sistema SCR, o Sprinter foi a primeira van a atender ao padrão de emissões de escape Euro VI.

Além da garantia de mobilidade estendida e da transmissão automática 7G-TRONIC PLUS, os clientes tinham ainda mais opções de equipamentos para escolher. O foco foi novamente a segurança: o Sprinter foi a primeira van a ser equipada com o Crosswind Assist para a versão furgão. O sistema de prevenção de colisão (opcional), monitor de ponto cego (opcional), farol alto adaptável , sistema de aviso de saída de faixa  foram apenas alguns dos recursos  de segurança também disponíveis.

2018: diversas configurações e conectividade inteligente

A terceira geração Sprinter foi a primeira série de modelos a incorporar a filosofia adVANce da Mercedes-Benz Vans em 2016 como fornecedora de soluções abrangentes de mobilidade. Trazia muitos recursos de conforto e segurança, normalmente vistos apenas em automóveis de passageiros. A extensa rede de contatos com a Internet é revolucionária: os serviços de conexão Mercedes PRO e o sistema multimídia MBUX (Mercedes-Benz User Experience) estão definindo os pontos na direção do futuro e criando novas possibilidades para gerenciar uma grande frota e para pequenas empresas.  O serviço permite que os pedidos sejam gerenciados on-line e as informações do veículo, como local, fornecimento de combustível ou intervalos de manutenção, seja de chamadas praticamente em tempo real. Existem oito pacotes de conexão Mercedes PRO com serviços centrais disponíveis de fábrica.

Outra característica que impressionou foram as amplas combinações de estilo de carroceria e equipamentos podendo ser mais de 1000. A partir de 2018, também há mais opções em relação ao motor, graças à tração dianteira disponível pela primeira vez e duas transmissões desenvolvidas para ele, além de uma transmissão automática de 9 velocidades. A Sprinter é a base ideal para conversões de motorhome. Uma oferta que vários especialistas em conversão deste segmento em expansão já estão usando.

2019: Entrada na mobilidade elétrica com o eSprinter

Econômico, confiável e flexível como antes, mas agora também capaz de distribuir mercadorias, dirigir até canteiros de obras ou responder a chamadas de assistência técnica, todas com zero emissões – o eSprinter apresentado no final de 2019 é feito para essas aplicações. A tração elétrica nas rodas dianteiras tem uma potência de até 85 kW com um torque de até 30 m.kgf. O conceito de carga útil e bateria ajustável leva em consideração os requisitos individuais: com uma capacidade útil da bateria de 47 kWh, seu alcance é de 168 quilômetros com uma carga útil máxima de 891 kg. Qualquer pessoa que valorize mais carga útil pode simplesmente optar por uma menor capacidade da bateria. Uma perspectiva interessante para os operadores de frota: a ferramenta de consultoria eCharging Planner fornece suporte ao converter para mobilidade eletrônica localmente livre de emissões com as Vans Mercedes-Benz.

Em casa, em todo o mundo, em viagem em mais de 130 países

O Sprinter não é produzido apenas nas fábricas Mercedes-Benz Düsseldorf e Ludwigsfelde, mas também em Buenos Aires, como desde a primeira geração. A planta dos EUA em Charleston também foi ampliada para se tornar um local de pleno direito para o modelo atual. Mas não são apenas os sites globais que garantem a disponibilidade do Sprinter em mais de 130 países: há 25 anos atende exatamente aos requisitos dos clientes quando se trata de resolver suas tarefas de transporte abrangentes.

A Mercedes-Benz irá disponibilizar até dezembro de 2020 um especial sobre os 25 anos de criação da Sprinter. Todos os meses abordaremos inúmeros tópicos interessantes sobre o Sprinter. Além da parte escrita, você também poderá apreciar fotos e ilustrações sobre a evolução do modelo ao longo dos anos. Os releases serão publicados na plataforma de comunicação media.mercedes-benz.com/Sprinter25. Vale a pena dar uma olhada!

Sobre o autor

Deixe uma resposta

comentários recentes