Selecione a página

Mercedes-Benz GLE recebe mudanças visuais e atualização tecnológica

Mercedes-Benz GLE recebe mudanças visuais e atualização tecnológica

A Mercedes-Benz atualiza o GLE SUV e o GLE Coupé. Em seu facelift, os modelos recebem não apenas novos modelos a diesel com tecnologia de 48 volts e novos híbridos plug-in, mas também funções adicionais para uso no fora de estrada e operação de reboque. Ao mesmo tempo, o MBUX (para NTG 7) será atualizado.

GLE SUV E GLE COUPÉ VISUAL DISCRETO

A atual geração do Mercedes-Benz GLE, codinome W167, recebe uma atualização para 2023 com uma leve mudança visual no meio de seu ciclo de carreira. Chegou ao mercado em 2019, depois de quatro anos muda a aparência para ficar mais próximo dos demais modelos da marca da estrela. A reestilização em meio de carreira da atual geração do Mercedes GLE, a quarta em ordem cronológica considerando também o Mercedes-Benz ML.

Tanto a versão SUV como a versão Coupé – denominada internamente V167 – estreiam-se com novas luzes dianteiras e traseiras em LED, incluindo as matrix, um novo volante táctil, o sistema de infoentretenimento MBUX de segunda geração e ligeiras alterações na gama de motores.

Com o facelift, a gama de motores GLE será totalmente eletrificada e, no futuro, incluirá híbridos leves com tecnologia de 48 volts e um gerador de partida integrado, bem como híbridos plug-in de quarta geração. Quase todos os modelos oferecem mais potência, com o GLE 400 e 4MATIC recebendo o maior aumento de 30 kW adicionais. No futuro, o GLE 400 d 4MATIC será substituído por um GLE 450 d 4MATIC, que agora tem 270 kW / 367 cv e 15 kW / 20 cv de potência e 750 + 200 Nm de torque graças ao OM 656 M

EXTERIOR DO GLE SUV E GLE COUPÉ

As características exteriores são um novo para-choques dianteiro e a grade do radiador com dois frisos horizontais com inserções cromadas. A grade das entradas de ar externas agora recebeu uma aleta cromada horizontal. Existem faróis de LED como padrão – agora com dois pontos de luz adicionais. O LED MULTIBEAM, que pode então ser identificado com quatro pontos de luz, continua a ser uma opção. O LED de luz digital opcional deixa de ser oferecido com o facelift. Na traseira, a sinalização de luz também foi revisada, com a indicação de luz formando aqui dois blocos horizontais – no GLE Coupé, por outro lado, há duas barras.

No futuro, o GLE Coupé terá o exterior AMG Line como equipamento de série, incluindo uma grade Diamond com padrão Mercedes-Benz em cromado. Com a mudança visual, cada variante recebe uma proteção inferior óptica recém-projetada. Novidades na linha são os acabamentos de pintura externa em azul sodalith metálico e cinza alpine MANUFAKTUR uni, duas novas rodas aerodinâmicas de liga leve de 19 e 20 polegadas e, em combinação com a AMG Line, um desenho adicional de roda de 21 polegadas. A iluminação ambiente com projeção animada do padrão Mercedes-Benz está agora disponível como opção.

INTERIOR REFINADO

Com o facelift, o interior do GLE ganha a nova geração de volantes com superfícies de sensores nos raios horizontais. Um destaque especial agora é o visual cromado das saídas de ar centrais e laterais, que anteriormente eram emolduradas em preto e são galvanizadas em metal real com o facelift. No interior passam a existir as combinações de equipamentos bege catalana/preto para o SUV e castanho bahai/preto (GLE SUV e Coupé). Para o Coupé, a AMG Line está agora disponível em preto/vermelho clássico. No caso de elementos de acabamento, agora existe a parte de acabamento “MANUFAKTUR black piano ”, que de outra forma só estava disponível com o Maybach GLS. Se o equipamento preto for selecionado, os assentos estarão disponíveis em couro napa.

No futuro, as mesmas cores podem ser selecionadas para a iluminação ambiente, como é conhecido no Classe S. Agora existem duas portas USB opcionais com capacidade de carga de 100 watts no apoio de braço traseiro.

SISTEMA MULTIMÍDIA APRIMORADO

O sistema de áudio premium Burmester® Surround Soundsystem agora também possui uma configuração de som pessoal e a envolvente experiência de áudio Dolby Atmos. Com o serviço “Música Online”5, a Mercedes-Benz integrou totalmente muitos provedores de streaming de música no sistema de infoentretenimento MBUX. 13 alto-falantes, 13 canais de amplificador separados e uma saída de sistema de 590 watts ainda são os recursos do Burmester® Surround Sound System.

 O ENERGIZING AIR CONTROL está agora disponível como opção. O sistema monitora a qualidade do ar usando sensores de qualidade do ar e material particulado. Um conceito de filtro de dois estágios reduz a poeira fina e uma grande proporção de outros poluentes. Dependendo do valor medido, o veículo alterna de forma inteligente entre o modo de ar fresco e recirculado.

No que diz respeito ao sistema MBUX, há uma alteração para NTG 7 com o facelift, com uma reformulação nas telas, cada um com 12,3 polegadas, foram mantidos. Com a atualização, Apple CarPlay e Android Auto agora também estão disponíveis sem fio, enquanto o assistente de voz “Hey Mercedes” reage ainda mais rapidamente e é mais capaz de dialogar e aprender. No futuro, as funções ” Smart Home” também podem ser monitoradas e trocadas de casa quando você estiver fora de casa. As atualizações são feitas pelo ar (OTA).

MUDANÇAS PARA USO OFF-ROAD E OPERAÇÃO DE REBOQUE

A Mercedes-Benz aproveitou a reestilização para oferecer novos recursos do pacote de tecnologia para o fora de estrada foram ajustados para oferecê-lo nas variantes de motor a combustão pura. Os componentes são uma proteção inferior e, em combinação com a suspensão pneumática AIRMATIC opcional, um aumento de 30 mm na distância ao solo.

O “modo off-road” agora possui um “capô transparente” em conjunto com o pacote opcional de estacionamento com câmera 360 graus, como já é o caso do modelo GLC. A carga do reboque é de até 3,5 toneladas, a carga vertical de até 140 kg.

A novidade do GLE facelift é um planejador de rota de reboque para navegação, por meio do qual dois reboques definidos podem ser selecionados para navegação. Entre outras coisas, a largura e a altura da passagem, bem como as restrições de peso, são levadas em consideração. A velocidade máxima de 80 ou 100 km/h também pode ser predefinida e é levada em consideração pelo assistente de sinalização de trânsito. Um assistente de manobra de reboque estendido agora é baseado em câmera e, portanto, também é adequado para reboques com seu próprio dispositivo de estabilização contra movimentos sinuosos.

Ao mesmo tempo, as manobras com reboque podem ser facilitadas por meio de um assistente (até 5 km/h e um aumento de até 15 %). Além de estabilizar o deslocamento reverso, o sistema também pode guiar curvas livremente ajustáveis ​​até 90 graus. O assistente de manobra de reboque é opcional e também pode ser ativado posteriormente “over-the-air”. Comparado ao seu antecessor, o Active Steering Assist permanece ativado na operação do reboque.

NOVOS MOTORES

Graças aos híbridos leves com tecnologia de 48 volts e um gerador de partida integrado, bem como híbridos plug-in, o GLE SUV e o GLE Coupé agora são eletrificados de forma consistente. Os híbridos plug-in foram trocados para a quarta geração mais recente. Os híbridos plug-in têm um SISTEMA síncronO de 100 kW permanentemente e oferecem uma potência de sistema de até 280 kW e um torque de sistema de até 750 Nm. Com alcances elétricos ligeiramente aumentados de até 109 KM de acordo com WLTP, a maioria das rotas diárias pode ser percorrida exclusivamente eletricamente.

A grande inovação neste facelift é um novo motor híbrido plug-in. O GLE 400e 4Matic combina um motor elétrico de 136 cv com o conhecido motor a gasolina de 2,0 litros de quatro cilindros. O fabricante especifica a potência combinada como 381 cv. O torque do sistema é de 600 Nm. O PHEV deve acelerar de 0 a 100 km/h em 6,1 segundos e, como pode ser operado apenas com eletricidade graças a uma bateria de 31,2 kWh, também é possível uma autonomia elétrica de 92 a 105 km de acordo com o ciclo WLTP.

O programa de direção híbrida aprimorado fornece o modo de direção elétrica para as seções mais sensíveis da rota. Em percursos em áreas urbanas, por exemplo, o GLE prioriza a condução elétrica. Graças a um programa de direção off-road, os híbridos plug-in agora também podem ser conduzidos eletricamente off-road. Os modelos híbridos plug-in agora têm um carregador de 11 kW a bordo para carregar na rede elétrica doméstica ou na caixa de parede trifásica. Além disso, um carregador rápido opcional de 60 kW DC está disponível mediante solicitação.

Sobre o autor

Trackbacks / Pingbacks

  1. Mercedes‑AMG GLE SUV and GLE Coupé, mais refinados e potentes - Mercedes Magazine - […] Mercedes-AMG está atualizando sua série de modelos GLE SUV e Coupé em preparação para o próximo ciclo vida dos…

Deixe uma resposta

comentários recentes