Selecione a página

Mercedes-Benz e Google unem forças para uma experiência de navegação de última geração

Mercedes-Benz e Google unem forças para uma experiência de navegação de última geração

A Mercedes-Benz e o Google anunciaram uma parceria estratégica de longo prazo para acelerar ainda mais a inovação automotiva e criar a experiência digital de carros de luxo da próxima geração do setor. Com esta parceria, a Mercedes-Benz será o primeiro fabricante a construir sua própria experiência de navegação com base em novos dados veiculares e recursos de navegação da plataforma Google Maps.

Isso dará ao fabricante de carros de luxo acesso à principal oferta geoespacial do Google, incluindo informações detalhadas sobre locais, informações de tráfego preditivas e em tempo real, reencaminhamento automático e muito mais. Ao incorporar esses recursos ao próximo sistema operacional Mercedes-Benz (MB.OS), os clientes poderão desfrutar de uma experiência de navegação superior, graças à facilidade de uso e gráficos excelentes na tela de alta resolução do carro. Para ajudar a enriquecer a experiência do usuário, as empresas trarão o aplicativo do YouTube para o sistema de infoentretenimento da Mercedes-Benz. Além disso, a Mercedes-Benz usará os dados do Google Maps para habilitar recursos de direção assistida, como ajustes automáticos de velocidade antes de cruzamentos, rotatórias ou curvas.

Como primeiro passo, a Mercedes-Benz dará aos clientes acesso aos Place Details fornecidos pelo Google, ajudando-os a encontrar informações detalhadas sobre mais de 200 milhões de empresas e locais em todo o mundo, incluindo horário comercial, fotos, classificações e avaliações. Os Place Details estarão disponíveis a partir de hoje em todos os veículos com MBUX de última geração nos mercados aplicáveis*.

As empresas concordaram em explorar ainda mais a colaboração usando a inteligência artificial (IA) líder do Google Cloud, dados e soluções de infraestrutura aberta. Por exemplo:

IA: a Mercedes-Benz pretende usar os recursos de IA e aprendizado de máquina do Google Cloud para criar, treinar e implantar novos modelos rapidamente e aprimorar as experiências do cliente.

Dados: a Mercedes-Benz pretende usar a plataforma de processamento de dados rápida e eficiente do Google Cloud para analisar os dados da frota.

Infraestrutura aberta: a Mercedes-Benz planeja usar a infraestrutura aberta do Google para inovar e escalar com segurança do local, para a borda, para a nuvem, em todo o cenário tecnológico atual da Mercedes-Benz.

*todos os veículos MBUX Geração 2020 (NTG7) com navegação em mercados conectados, exceto China, Japão e Coréia. Série: 223, 206, 295, 297, 296, 294, 254, 232, 177 (da produção 12/2022, modelo ano 22/2), W247 (da produção 12/2022, modelo ano 22/2), V167 ( da produção 12/2022, ano modelo 22/2).

Sobre o autor

Deixe uma resposta

comentários recentes