Selecione a página

Mercedes-Benz AG integrará alumínio com quase 70% de redução de CO₂ na produção em série

Mercedes-Benz AG integrará alumínio com quase 70% de redução de CO₂ na produção em série

Depois de anunciar a parceria tecnológica com a produtora de alumínio Hydro em dezembro de 2022, a Mercedes-Benz apresenta os primeiros resultados de seu roteiro de tecnologia de baixo carbono. Após uma fase de teste bem-sucedida de alumínio com baixo teor de carbono com uma participação mínima de 25% de sucata pós-consumo, a empresa está trazendo componentes estruturais fundidos exigentes feitos do material mais sustentável para a produção em série este ano. O alumínio testado apresenta uma pegada de carbono de apenas 2,8 kg CO₂ por kg de alumínio.

“Em nosso caminho para alcançar uma frota de veículos neutra em carbono ao longo de toda a cadeia de valor até 2039, estamos alcançando o próximo marco: junto com nosso parceiro estratégico Hydro, estamos trazendo alumínio de baixo carbono para nossos modelos de série já neste verão. Assim, reduzimos a pegada de CO₂ do alumínio em até 70% em comparação com a média europeia. Entre os primeiros modelos a serem equipados com o material mais sustentável estarão o nosso EQS, bem como o EQE”.

Markus Schäfer, membro do Conselho de Administração da Mercedes-Benz Group AG. Diretor de Tecnologia, Desenvolvimento e Compras

Processamento de alumínio com baixo teor de CO₂ para modelos de série

Hoje, a Hydro já fornece à Mercedes-Benz alumínio com redução de CO₂ proveniente da eletrólise alimentada por fontes renováveis. Como próximo marco, a Hydro fornecerá ainda mais alumínio com redução de CO₂ para a fundição na fábrica da Mercedes-Benz em Untertürkheim (seção de Mettingen). Este material representa cerca de 60 por cento do total de alumínio usado deste tipo de liga na fundição de Mettingen e inclui um teor de sucata pós-consumo de pelo menos 25 %. Em Mettingen, o material é fundido em componentes estruturais sofisticados para aplicações de carroceria em branco. Entre outras peças, o material está sendo usado em componentes relevantes para a segurança, como as torres dos amortecedores dos modelos EQS, EQE, Classe S, Classe E, GLC e Classe C. Além disso, o EQE será equipado com longarinas feitas de alumínio com baixo teor de CO₂.

Descarbonização da cadeia produtiva do alumínio: roadmap tecnológico

A integração do material na produção em larga escala é a primeira prova da parceria entre a Mercedes-Benz e a Hydro. Ambos os parceiros concordaram com um roteiro tecnológico com o objetivo de reduzir ao mínimo as emissões de carbono nas cadeias de fornecimento de alumínio. Como parte da Ambição 2039 da empresa, a Mercedes-Benz pretende integrar alumínio com uma pegada de carbono reduzida em 90% em comparação com a média europeia em seus veículos até 2030. As medidas nesse sentido incluem o uso de óxido de alumínio otimizado para CO₂ e reduções de emissões de CO₂ resultantes do processo de eletrólise usando eletricidade verde e tecnologias inovadoras.

Ao mesmo tempo, os parceiros estão trabalhando para aumentar o conteúdo de material reciclado. Nos próximos dez anos, a Mercedes-Benz pretende aumentar a participação de matérias-primas secundárias em sua frota de automóveis de passageiros para uma média de 40%.

Buscar ativamente uma cadeia de suprimentos responsável e sustentável

A Mercedes-Benz está totalmente comprometida com o fornecimento responsável de alumínio e estenderá seu uso de materiais certificados da mina ao fornecedor de acordo com os padrões da Aluminium Stewardship Initiative (ASI). Além disso, Mercedes-Benz e Hydro estão trabalhando em conjunto para processos transparentes e inclusivos, colocando os detentores de direitos afetados no centro. Baixos obstáculos para a participação de comunidades de mineração e povos indígenas são essenciais para uma devida diligência efetiva em direitos humanos, inclusive em esquemas de certificação.

Sobre a Mercedes-Benz

A Mercedes-Benz estabeleceu como meta tornar a sua frota de veículos novos neutra em carbono ao longo de todo o ciclo de vida dos veículos até 2039. Quando se trata de sustentabilidade, a empresa está focada na consequente redução das emissões de CO₂, bem como na preservação de recursos. Em 2020, a Mercedes-Benz Cars e a Mercedes-Benz Vans já enviaram uma carta de ambição aos fornecedores de materiais de produção. Esta foi uma declaração de intenções sobre produtos líquidos neutros em carbono e estabeleceu a aprovação como um pré-requisito para a adjudicação de contratos. Os fornecedores que representam quase 90% do volume anual de compras da Mercedes-Benz já assinaram a carta.

A abordagem “ Design for Environment ” do fabricante de veículos leva em consideração a preservação de recursos desde os primeiros estágios de desenvolvimento do produto. Juntamente com seus parceiros, a Mercedes-Benz está pesquisando tecnologias de materiais mais sustentáveis ​​e trabalhando intensamente em prol da circularidade.

Sobre a Hydro

A Hydro é uma empresa norueguesa líder em alumínio e energia que constrói negócios e parcerias para um futuro mais sustentável. Desde 1905, a Hydro transformou recursos naturais em produtos valiosos para pessoas e empresas, criando um local de trabalho seguro e protegido para seus 31.000 funcionários em mais de 140 localidades e 40 países. Hoje, a Hydro possui e opera vários negócios e tem investimentos com base em indústrias sustentáveis. A Hydro está presente em uma ampla gama de segmentos de mercado para reciclagem de alumínio e metal, além de energia e renováveis. A Hydro está empenhada em liderar o caminho para um futuro mais sustentável, criando sociedades mais viáveis, desenvolvendo recursos naturais em produtos e soluções de formas inovadoras e eficientes.

Sobre o autor

Deixe uma resposta

comentários recentes