Selecione a página

Futuros Mercedes-AMG C 63 terão motores de apenas 4 cilindros

Futuros Mercedes-AMG C 63 terão motores de apenas 4 cilindros

Depois de mais de 30 anos, o mais potente dos Mercedes-Benz Classe C retorna ao motor de 4 cilindros. O futuro Mercedes-AMG C 63 e 4Matic adotarão o sistema Híbrido Plug-In em seus motores de 4 cilindros com potência de 527 cv.

Breve história: A Mercedes apresentou em março de 1990 no Salão Automóvel de Genebra o Mercedes-Benz 190 Evo II equipado com um motor de 4 cilindros de 2,5 litros que entregava 235 cv e 25 m.kgf de torque. A potência era enviada às rodas traseiras por meio de uma transmissão manual de 5 velocidades.

Beneficiando-se de novas tecnologias de eletrificação, a Mercedes retorna ao motor de 4 cilindros para o Classe C mais potente. O Mercedes-AMG C 63 e 4Matic terão o sistema híbrido plug-in.

A Mercedes-AMG continua a desenvolver o processo de eletrificação de motores. A última inovação é um turbocompressor elétrico de exaustão desenvolvido em parceria com a Garrett.

O destaque deste inovador sistema de turboalimentação é um pequeno motor elétrico com largura de apenas 4 cm que é integrado diretamente no eixo da turbina entre a turbina do escape e o compressor no lado do ar frio. O motor elétrico aciona a turbina antes que ela seja operada pelos gases de exaustão. Isso significa que não há mais o famoso turbo-lag. A turbina tem velocidade máxima de 170.000 rpm e o motor elétrico está conectado a uma rede de 48V.

De acordo com a revista Auto Motor und Sport, a primeira turbina elétrica está celebrando sua estreia mundial no próximo Mercedes-AMG Classe C (W206). Além disso, o turbo pode ser integrado a um trem de força híbrido, já que o motor elétrico também pode funcionar como gerador.

O sistema é conhecido pelos motores de Fórmula 1, sob a abreviatura MGU-H (Motor Generator Unit-Heat). No futuro Mercedes-AMG C 63 e 4Matic, será equipado com um motor de unidade híbrida plug-in de quatro cilindros, 2 litros (M 139) e um motor elétrico poderia entregar cerca de 520 cv e 71,3 m.kgf, com 10 cv a mais que o mais potente C 63 AMG com motor V8 biturbo de 4 litros.

A versão básica do Mercedes-AMG C 43 e também combinará o motor turbo de 2 litros com uma turbina elétrica e um motor elétrico. Dado que o novo E 300 e desenvolve 320 cv (211 cv do motor M254 e 122 cv na unidade elétrica), esperamos que o C 43 tenha cerca de 390 cv.

Sobre o autor

Deixe uma resposta

comentários recentes