Selecione a página

A primeira foto do facelift do Mercedes GLS caiu na internet

A primeira foto do facelift do Mercedes GLS caiu na internet

Após a reestilização do Mercedes-Benz GLE, esperávamos que o facelift do grande utilitário de tamanho real, o GLS fosse anunciado em seguida. A primeira foto foi reveleda na internet, e já podemos ver os primeiros detalhes.

O irmão mais velho do GLE, o Mercedes-Benz GLS, foi lançado em 2019 (X167), e agora é hora de uma mudança visual do seu meio ciclo de vida. Como visto na primeira foto que vazou na internet e parece ser de um manual de serviço, podemos ver uma nova grade do radiador mais maciça e um novo para-choque dianteiro que se destaca mais.

Na traseira, apenas a disposição das luzes na parte interna das lanternas mudou, e elas mantiveram o mesmo formato. Novos desenhos de rodas também são oferecidos. O facelift também se aplica ao modelo superluxuoso Mercedes-Maybach GLS.

Sistema MBUX de segunda geração

O Mercedes-Benz GLS receberá o sistema multimídia MBUX de segunda geração por ocasião da mudança de modelo. O layout do painel permanece inalterado, mas o sistema multimídia também pode ser operado por toque e agora é mais interativo; O Apple CarPlay e o Android Auto são sem fio e aplicativos over-the-air autônomos podem ser instalados. O GLS também receberá o volante de raios duplos do Classe S.

Gama de motores 100% híbridos

Devido às restrições que alguns países europeus impõem aos modelos pesados ​​com motores grandes, a Mercedes vai oferecer apenas versões híbridas na Europa. Assim, como no facelift do GLE, ambos os motores a diesel de 6 cilindros em linha no GLS 350 d 4Matic e no GLS 400 d 4Matic receberão tecnologia híbrida leve de 48V com um gerador de partida integrado de 20 cv para ajudar na partida e na aceleração do motor.

As versões a gasolina V8 do GLS 580 4Matic (489 cv), AMG GLS 63 4Matic (612 cv) e Maybach GLS 600 4Matic (557 cv), que já possuem híbrido leve de 48 V com gerador de partida integrado de 22 cv permanecerão inalteradas no faixa.

Até agora, não há versão PHEV porque o GLS vem de série com sete lugares, e não havia espaço para a bateria. Portanto, aqui está o único ponto de interrogação: se a Mercedes oferecer qualquer versão PHEV, eles terão que abandonar os sete assentos padrão para tal versão.

O novo Mercedes-Benz GLS, incluindo as versões AMG e Maybach, estreará no verão de 2023, logo após o lançamento do GLE facelift previsto para julho de 2023.

Fonte: www.mercedesblog.com

Sobre o autor

Deixe uma resposta

comentários recentes